Notícias

Fique por dentro

SERVIDORES DO CAMPUS APROVAM ESTADO DE GREVE NA UEL E PARTICIPAÇÃO NA GREVE GERAL DO DIA 14

Os servidores da UEL aprovaram estado de greve na universidade a partir desta segunda-feira, 10. A decisão foi tomada após assembleia realizada nesta manhã no campus. A decisão foi tomada diante das negativas do Governo do Estado em não pagar a reposição dos servidores que estão com os salários atrasados desde 2015.

Na oportunidade, o presidente da Assuel, Arnaldo Mello explicou que ogoverno tem demonstrado uma total falta de respeito com os servidores, apresentando números que não condizem com a realidade; " O economista Cid Cordeiro, do Fórum de Entidades Sindicais, teve acesso aos números do governo e já comprovou que eles têm como pagar a data-base, mas falta vontade político", declarou.

Durante em evento também foi aprovada a paralisação das atividades no próximo dia 14 para participar do ato público da Greve Geral que será as 9h na avenida Leste Oeste, em frente ao Terminal Urbano.

Outra deliberação aprovada na assembleia foi realização de mais uma assembleia com o Sindiprol e DCE, que será realizada nesta terça- feira, as 16h em no gramado do CCH. " Este assembleia ampliada te, o objetivo de fortalecer a luta contra a reforma da previdência e o desmonte da educação no Brasil", declarou Arnado Mello.

SERVIDORES DO CAMPUS APROVAM ESTADO DE GREVE NA UEL E PARTICIPAÇÃO NA GREVE GERAL DO DIA 14
© 2019 - ASSUEL - Todos os direitos reservados Website? Fale Conosco - Londrina S/A