Notícias

Fique por dentro

20 DE NOVEMBRO: LONDRINA VOLTA ÀS RUAS CONTRA O RACISMO E POR FORA BOLSONARO

20 DE NOVEMBRO:  LONDRINA VOLTA ÀS RUAS CONTRA O RACISMO E POR FORA BOLSONARO


Movimentos sociais se unem em torno de pauta antirracista e garantem que a população negra é a que mais tem sofrido com o governo de Bolsonaro


No próximo sábado,20,  quando será comemorado o Dia da Consciência Negra, o Brasil volta às ruas para mais um ato Fora Bolsonaro. Em Londrina, o protesto terá início a partir das 9h, no Calçadão (próximo de onde era o Coreto) e deverá sair em marcha até as 11h em direção a Concha Acústica, onde se somará às atividades do Conselho Municipal de Igualdade Racial. O evento está sendo organizado pelo Comitê Unificado, Coletivo de Sindicatos de Londrina, movimentos negros da cidade, e outras entidades. 


O racismo e a falta de políticas públicas para a população negra serão os principais temas do ato que também vai abordar o aumento da fome, o desemprego, as mortes por Covid e a carestia causada pelo “desgoverno” de Jair Bolsonaro. De acordo com a representante do Comitê Unificado, Janaina Citolin, aqui em Londrina foram formadas  comissões para construir um grande ato em parceria com o movimento negro da cidade e com os sindicatos. “ Estamos juntos mais uma vez para lutar contra tudo de ruim que este governo tem feito contra o povo brasileiro.  Teremos pessoas para ajudar na parte de segurança e  sanitária na distribuição de máscaras e álcool gel, pois a pandemia ainda não acabou”, declarou Janaina.


O  agente pastoral e ativista do movimento negro, Marcio Teixeira Primo,  garante que o ato é importante porque é uma oportunidade de mostrar o quanto a população negra tem sofrido com este governo. “ Todos os anos, o dia 20 de novembro nos propõe uma reflexão sob os gritos abafados de uma população negra que ainda sofre calada, por isso estaremos apresentando esquetes e reflexões sobre este tema ”, disse Teixeira. 


Já o representante do Coletivo de Sindicatos, Laurito Porto Lira, lembra que as posições e o discurso do Presidente da República e de seus aliados da bancada da bala, dos setores mais atrasados e reacionários das forças armadas e das polícias e sua relação íntima com líderes de milícias reforça e apoia a violência e a hostilidade que discrimina, agride e mata corpos negros todos os dias.


“ O  governo Bolsonaro é responsável pela desorganização de todas as políticas públicas de promoção da igualdade racial e pelo descaminho de instituições como a Fundação Palmares, voltadas para promoção e preservação dos valores culturais, históricos, sociais e econômicos decorrentes da influência negra na formação da sociedade brasileira, por isso que é importante não deixar esta data passar em branco. Temos de protestar contra isso e também contra a retirada de direitos dos trabalhadores e demais pautas que tem prejudicado toda a população”, declarou o sindicalista.

 

Cronograma do ato:


Início às 9h - Calçadão

 - Falas dos movimentos e sindicatos

- Abertura artística

- Esquetes com temáticas sociais

- Reflexões sobre o momento sóciopolítico

- Passeata até a Concha Acustica

- Feira de negros e negras na concha

- Apresentações artísticas

 


Londrina, 17 de novembro de 2021

 

Mais informações com os seguintes contatos:


Janaína Citolin -  Comitê Unificado -

Telefone 99165-9056


Marcio Teixeira  Primo - Movimento Negro - 

Telefone 98808-9565


Laurito Porto Lira - Coletivo de Sindicatos de Londrina -

Telefone 98401-3392

 

Elsa Caldeira - 99185 1976

Assessoria

20 DE NOVEMBRO:  LONDRINA VOLTA ÀS RUAS CONTRA O RACISMO E POR FORA BOLSONARO
© 2021 - ASSUEL - Todos os direitos reservados Website? Fale Conosco - Londrina S/A