Notícias

Fique por dentro

SERVIDORES PROTESTAM DURANTE INAUGURAÇÃO DA NOVA CLÍNICA ODONTOLÓGICA DA UEL

A Assuel promoveu um protesto, hoje, dia 23, durante a inauguração da nova Clínica Odontológica Universitária ( COU) .Logo pela manhã, a categoria se reuniu em assembleia na sala 202 do CCB, onde o presidente do Sindicato, Adão Brasilinio expôs a gravidade da situação para os servidores.

" O COU vai começar a funcionar aqui no campus pela metade. O governo está inaugurando o serviço sem ter o número de funcionários necessários. Estarão retirando servidores de outros setores atender aqui e uma outra parte vai ficar no centro. De que adianta um prédio bonito por fora, sem funcionários e equipamentos insuficientes para atender a população", criticou Brasilino.

 

Segundo ele, seriam necessários a contratação de mais de 100 novos servidores para que serviço funcione totalmente. " Mais uma vez o governo faz isto, a exemplo do que foi feito com Teatro Ouro Verde, o ano passado.Hoje a UEL tem um déficit de quase mil funcionários e o estado não faz concurso, nem chama quem está há anos na espera", continuou.

Dezenas de autoridades participaram da inauguração do novo prédio, entre eles, os secretário Estadual de Saúde, Michele Caputo, o Secretário de Ciências e Tecnologia ( SETI), Luiz Carlos Gomes, deputados federais e estaduais, vereadores, professores, estudantes e sindicalistas.

Em entrevista coletiva, o secretário Luiz Carlos Gomes discordou do déficit apresentado pela Assuel que aponta para a necessidade de mais 126 servidores para atender na nova clinica. O secretário garantiu que 11 servidores serão contratados de imediato para trabalhar no COU e que faltarão apenas 19 funcionários para completar o quadro. " Nosso números nunca batem como os números do sindicato", ironizou o secretário.

SERVIDORES PROTESTAM DURANTE INAUGURAÇÃO DA NOVA CLÍNICA ODONTOLÓGICA DA UEL
© 2018 - ASSUEL - Todos os direitos reservados Website? Fale Conosco - Londrina S/A