Notícias

Fique por dentro

AUDIÊNCIA PÚBLICA DOS DEPUTADOS COMPROVOU QUE GOVERNO TEM DINHEIRO PARA PAGAR A DATA-BASE E SERVIDORES DO ESTADO VÃO PARAR NO DIA 29 DE ABRIL

 

Os diretores da Assuel participaram da audiência pública ocorrida, ontem, 23, em Curitiba para tratar sobre o pagamento da data-base dos servidores. Mais de 30 entidades representantes dos servidores públicos lotaram o Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Na próxima segunda -feira, 29, haverá uma grande paralização em todo o Estado com Ato publico na Capital para protestar contra o governo e lembrar o massacre de 29 de abril de 2015.

A Assuel vai realizar assembleias simultâneas no Campus ( Sala 201 do CCB - Piniquinho) e no anfiteatro do HU,às 8h, na próxima sexta-feira, 26, para deliberar a paralização na Universidade no dia 29. A ida de uma caravana para Curitiba nesta data já foi aprovada na ultma assembleia. " Nossa intenção é que todos os setores da UEL fechem suas portas no dia 29. Temos de nos unir para pressionar o governo e garantir a nossa data-base", declarou Arnaldo Mello.

Chega de calote - Sem reposição da inflação há mais de três anos, o funcionalismo já acumula perdas de 17% e o governador, que na campanha eleitoral prometeu o pagamento, declarou à imprensa a intenção de manter o congelamento. “O governo tem condições orçamentária, fiscal e legal para pagar a data-base. No ano passado o Estado atingiu o menor índice de gasto com pessoal dos últimos 10 anos e houve R$ 2 bilhões em excesso de arrecadação”, explicou o economista Cid Cordeiro.

A integrante da coordenação do Fórum das Entidades Sindicais, Marlei Fernandes, lembrou eu está completando 44 meses que os servidores estão sem reposição e perdendo o equivalente a dois meses de salário por ano. " Nem estamos pedindo aumento real. Nosso interesse é o Estado forte e que o servidor faça parte desse Estado forte com seus direitos garantidos”, destacou Marlei.

O presidente da Assuel considerou o debate importante porque provou que o Estado tem dinheiro para pagar o funcionalismo . "O governo só não opaga se não quiser, porque recursos tem". Outro ponto importante apontado por Mello é criação da bancada de deputados em Defesa do Serviço Público e Servidores do Estado. " Um total de 16 deputados ja assinaram o documento, agora eles vão convencer mais 12 para que tenhamos a maioria na Alep", declarou.

Assinaram o requerimento em favor dos sevidores os seguintes deputados (as): Soldado Fruet (Pros),Arilson Chiorato (PT),Luciana Rafagnin (PT),Tercilio Turini (PPS), Tadeu Veneri (PT),Soldado Adriano José (PV), Delegado Jacovós (PR), Delegado Recalcati (PSD), Coronel Lee (PSL), Subtenente Everton (PSL), Nelson Luersen (PDT), Goura (PDT), Requião Filho (PMDB), Boca Aberta Junior (Pros) e Homero Marchese (Pros)

AUDIÊNCIA PÚBLICA DOS DEPUTADOS COMPROVOU QUE GOVERNO TEM DINHEIRO PARA PAGAR A DATA-BASE E SERVIDORES DO ESTADO VÃO PARAR NO DIA 29 DE ABRIL
© 2019 - ASSUEL - Todos os direitos reservados Website? Fale Conosco - Londrina S/A