O Coletivo dos Sindicatos de Londrina faz ato na Câmara de Vereadores de Londrina e protocola representação contra o vereador Filipe Barros (PRB-PR)


Entidades sindicais e movimentos sociais realizam hoje, a partir das 13:30h, um ato na Câmara de Vereadores de Londrina, em desagravo aos trabalhadores que foram ofendidos pelo vereador Filipe Barros por ocasião das manifestações da greve geral de 28 de abril, conforme vídeo veiculado em rede social, pelo próprio vereador.

O Coletivo de Sindicatos de Londrina (representado por 33 sindicatos) irá protocolar representação junto à Comissão de Ética da Câmara, solicitando providências contra a atitude do vereador, que chamou os grevistas de “vagabundos” e, conforme mostra o vídeo mostra, admite a prática de bullying contra os manifestantes. As agressões verbais de Felipe Barros incitam a violência e provocam a segregação social a cidadãos que ele deve representar em seu papel legislativo. Os sindicatos e movimentos sociais consideram que essa atitude fere o Código de Ética da Câmara, que orienta a conduta parlamentar.

Os sindicatos e movimentos sociais consideram abusiva e provocadora a atitude do vereador, incompatível com o que deveria ser a postura de uma autoridade pública investida de mandato de representação popular. Para as entidades de trabalhadores, a democracia pressupõe a convivência de pontos de vista diferentes e a atitude do vereador desrespeita esses pressupostos.
Share

Sede Campus:

Rodovia Celso Garcia Cid, S/N, Km 380

Campus Universitário da UEL

CEP: 86055-900, Londrina, PR.

Telefone: 3025-5164 / 3371-5510.

Sede H.U :

Rua José Ernani Neves, nº237

Jardim Guararapes

CEP: 86038-400, Londrina, PR.

Telefone: 3025-5163